VPNI X GAE volta à pauta do TCU nesta quarta-feira

Compartilhe

A Representação que trata do pagamento da Gratificação de Atividade Externa (GAE) juntamente com a parcela de quintos/décimos transformada em Vantagem Pessoal Nominalmente Identificável (VPNI) aos oficiais de justiça retorna à pauta.

A matéria será analisada pelos ministros do Tribunal de Contas da União (TCU) nesta quarta-feira, 07 de junho, às 14h30.

A Representação 036.450/2020-0, que restringe o pagamento, estava prevista para ser votada na sessão de 24 de maio, mas, por causa do quórum, foi retirada de pauta.

A questão afeta diretamente o segmento. Em Minas Gerais são centenas de servidores e servidoras da Justiça do Trabalho da ativa e aposentados prejudicados e que têm seus direitos defendidos pelo Sitraemg de várias formas.

Partindo do princípio de que a VPNI e a GAE são verbas incorporadas aos vencimentos há mais de 20 anos e os cortes são injustos, o Sitraemg atua permanentemente para reverter as restrições realizadas pelo TRT3.

Reuniões com desembargadores do órgão especial do TRT, articulação com outras entidades estaduais e federais, a mobilização dos servidores são alguns exemplos das iniciativas em defesa dos direitos dos oficiais de justiça.

Em 2021, o corte do pagamento da VPNI dos oficiais de justiça da Justiça do Trabalho motivou uma greve dos servidores, apoiada pelo sindicato.

Impasse entre STF e TCU

Em 2019, o Tribunal de Contas da União determinou que os tribunais averiguassem as possíveis irregularidades quanto ao pagamento acumulado da VPNI e GAE.

No TRT3 e em vários outros tribunais, os oficiais de justiça foram notificados para que optassem por uma das parcelas.

O Supremo Tribunal Federal (STF) tem sido consultado sobre o tema e devolvido a manifestação ao TCU para que a Corte de Contas efetue procedimento parecido com o ocorrido sobre os quintos.

Nessa questão (dos quintos), o STF determinou que os pagamentos fossem mantidos com compensação em reajustes futuros, diante da irredutibilidade e segurança jurídica.

Mobilização em Brasília

Filiados oficiais de justiça, que representam o Sitraemg, já estão no TCU, em Brasília, junto  com representantes da Fenajufe e da Fenassojaf.

A assessoria jurídica do Sitraemg,  assim como as duas federações, farão a sustentação oral com o objetivo de fazer com que o TCU reconheça o direito e julgue improcedente a Representação.

Assessoria de Comunicação

Sitraemg

Leia mais

Devolução da VPI, incorporação de quintos e VPNI X GAE são abordados na primeira série de lives com o jurídico do Sitraemg

Sitraemg cobrará correção da VPNI/quintos nas parcelas da recomposição salarial

SITRAEMG, Assojaf-MG e Fenassojaf conversam sobre VPNI X GAE com presidente do TRT

Sitraemg pede audiência com ministro do TCU em defesa da acumulação VPNI/GAE para segmento

 

 

 

Compartilhe

Veja também

Pessoas que acessaram este conteúdo também estão vendo

Busca

Notícias por Data

Por Data

Notícias por Categorias

Categorias

Postagens recentes

Nuvem de Tags