SITRAEMG presente em seminário internacional sobre “esquema fraudulento da dívida”

Compartilhe

A Auditoria Cidadã da Dívida promoveu nos dias 7, 8 e 9 de novembro, em Brasília (DF), o Seminário Internacional “Esquema Financeiro Fraudulento e Sistema da Dívida – Criação de ‘Estatais não Dependentes’ para securitizar Dívida Ativa e lesar a sociedade”. O evento reuniu, como palestrantes, personalidades do Brasil e de diversos outros países – Grécia, Portugal, Inglaterra, Argentina, Uruguai, Bolívia, Colômbia, Equador, Peru, Honduras, Nicarágua.

No primeiro dia, houve uma audiência pública no Senado Federal sobre a dívida pública, presidida pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa da casa.  No dia 8, diversos especialistas do Brasil e do Mundo, promoveram palestras em torno da temática da dívida pública, no Auditório do Conselho Federal de Contabilidade (CFC). O último dia foi reservado a atividades internas, restritas às entidades apoiadoras, palestrantes e integrantes da Auditoria Cidadã, para definir estratégias de ações de combate.

Nos debates do segundo dia, no auditório do CFC, o tema “O Sistema da Dívida na Europa e na América Latina e o aprofundamento do processo de Financeirização Mundial” reuniu, como debatedores, Raquel Varela (UNL – Portugal), Ladislau Dowbor (PUC/SP – Brasil), Maria de Lourdes Mollo (UNB – Brasil), Patrícia Miranda (Latindadd – Bolívia), Camila Galindo Martinez (CADTM-Colômbia), Sergio Arelovich (UNR – Argentina), tendo na coordenação da mesa Felipe Coelho (Canal VivaRoda); o “Esquema Financeiro Fraudulento e a criação de “Estatais não Dependentes” para securitizar créditos. Estudo de Caso: PBH Ativos S/A, alvo de importante CPI da Câmara Municipal de Belo Horizonte, teve à frente, nos debates, Zoe Konstantopoulou (Ex-Presidente do Parlamento Grego – Grécia), Hugo Arias (Latindadd – Equador), Maria Lucia Fattorelli (ACD – Brasil), Roberto Piscitelli (Cofecon – Brasil), Joaquim de Alencar Bezerra Filho (CFC – Brasil), Michael Roberts (Economista Financeiro – Reino Unido), tendo na coordenação da mesa Felipe Pena (Jornadas Literárias de Passo Fundo); e a “Abordagem jurídica com foco na análise dos novos mecanismos financeiros geradores de dívida pública. Impactos socioambientais do Sistema da Dívida” ficou a cargo de Carlos Bedoya (Latindadd – Peru), Ramiro Chimuris (CADTM – Uruguai), Antônio Gomes de Vasconcelos (UFMG e Juiz do Trabalho/Brasil), Samuel Pinheiro Guimarães (Diplomata – Brasil), Franklin Rodrigues da Costa (Procuradoria Geral da República – Brasil), Thaís Riedel (Comissão de Seguridade Social OAB/DF – Brasil), com a mesa sendo coordenada por Luiza Sarmento (Canal MaisOrgânica).

Os filiados José Francisco Rodrigues, servidor do TRT em Belo Horizonte e coordenador do Núcleo Mineiro da Auditoria Cidadã da Dívida, e Carla Oliveira Cassaro de Souza Farage, servidora do Cartório Eleitoral de Além Paraíba, representaram o SITRAEMG no Seminário Internacional.

Confira AQUI o relatório de José Francisco Rodrigues sobre o evento, e, abaixo, materiais sobre o esquema fraudulento da dívida:

  • Vídeo – Denúncia: Grave Esquema Fraudulento

 

Compartilhe

Veja também

Pessoas que acessaram este conteúdo também estão vendo

Busca

Notícias por Data

Por Data

Notícias por Categorias

Categorias

Postagens recentes

Nuvem de Tags