Reforma Administrativa deve ser apresentada em fevereiro

Compartilhe

Nesta semana, o ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a Brasília e disse que o governo vai enviar a proposta de desmonte do serviço público – chamada de Reforma Administrativa – em fevereiro. A proposta deve incluir a flexibilização da estabilidade para carreiras de Estado; a autorização para redução salarial e extinção de órgãos e fusão de carreiras; a previsão de redução de jornada com redução de salário, entre outras perversidades.

Confira os pontos da reforma:

– Eliminar o Regime Jurídico Único (RJU);

– Acabar com a estabilidade do servidor;

– Extinguir a garantia de irredutibilidade salarial;

– Permitir a redução de salário e de jornada;

– Ampliar o estágio probatório;

– Reduzir o salário de ingresso no serviço público;

– Proibir as progressões e promoções automáticas;

– Ampliar o tempo de permanência na carreira;

– Criar carreirão transversal, onde servidores serão contratados pela CLT e distribuídos para os órgãos governamentais.

O SITRAEMG continuará na luta em defesa dos direitos da categoria, da população e contra a Reforma Administrativa e convida os servidores para se mobilizarem e participarem dos atos e das iniciativas em defesa do serviço público, que divulgaremos no site do Sindicato.

Fonte: com informações da Fenajufe.

Compartilhe

Veja também

Pessoas que acessaram este conteúdo também estão vendo

Busca

Notícias por Data

Por Data

Notícias por Categorias

Categorias

Postagens recentes

Nuvem de Tags