Iniciativas do SITRAEMG são elogiadas durante encontro nacional de comunicação em Brasília

Compartilhe

Depois de mais de três horas de atraso no vôo que partiu na quarta-feira (20) a noite de Confins (Belo Horizonte) em direção a Brasília, o SITRAEMG chega a Capital do país e participa do Encontro Nacional de Comunicação – Na luta por democracia e direitos humanos, realizada pela Câmara dos Deputados nos dias 21 e 22 de junho.

No primeiro dia, cerca de 500 pessoas, entre profissionais da comunicação, políticos de todo o país e sindicalistas, participaram da discussão que tratou da conjuntura internacional das mídias, comunicação comercial e não comercial, além dos desafios da construção da comunicação democrática. Os assuntos debatidos durante os dois dias serão formalizados nesta sexta-feira (22), durante as plenárias do evento, e levados ao governo federal por meio da Conferência Nacional de Comunicação, que deve acontecer até o início do ano que vem.

Autoridades como o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Franklin Martins; o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cezar Britto; o coordenador Nacional do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC), Celso Schröder; e a secretária de Comunicação nacional da CUT, Rosane Bertotti discursaram sobre a necessidade de novas mídias que socializem as diversas informações, de forma estratégica e isenta.

E foi nesse sentido que o SITRAEMG se destacou. As iniciativas de comunicação do Sindicato, como a rádio e a TV via web, foram elogiadas por autoridades e especialistas do meio, que confirmaram ser o SITRAEMG uma das entidades sindicais pioneiras na produção dessas mídias.

A rádio e a TV SITRAEMG transmitem uma programação própria, pautada pelos interesses dos servidores do Judiciário Federal. O projeto é recente e foi implantando há pouco mais de um mês. A previsão é de que a partir de julho as novas mídias tenham uma programação definida.

A presença do SITRAEMG no evento garante, ainda, a participação do Sindicato em uma rede nacional de comunicação que tem poder de reivindicação perante o governo federal e a sociedade civil. Ou seja, dessa forma, o SITRAEMG se fortalece e legitima as demandas da categoria.

A opinião das autoridades sobre as novas mídias do Sindicato você confere na rádio SITRAEMG (coluna à direita), a partir da próxima semana.

Compartilhe

Veja também

Pessoas que acessaram este conteúdo também estão vendo

Busca

Notícias por Data

Por Data

Notícias por Categorias

Categorias

Postagens recentes

Nuvem de Tags