II Congresso Nacional de Direito Sindical da OAB: coordenador do SITRAEMG se sente esperançoso com as palavras do ministro Lewandowski

Compartilhe

A participação em congressos como este, na visão de Alan Macedo, coordenador geral do SITRAEMG, é muito importante para entender todos os pontos que podem ser utilizados para a conquista dos projetos relacionados às questões ligadas aos servidores de todo Judiciário Federal.

 

20140605_231208 (2)  O coordenador geral do SITRAEMG Alan da Costa Macedo (foto acima), que esteve presente na solenidade de abertura do Congresso Nacional de Direito Sindical da OAB Federal, na noite da última quinta-feira, 5, disse que o discurso do atual vice- presidente (e próximo presidente) do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Ricardo Lewandowski, deu esperança aos trabalhadores, sindicalistas e advogados militantes na área sindical. Sua retórica, segundo Macedo, demonstrou um grande apreço pela advocacia, dizendo que os interesses dos trabalhadores devem ser defendidos de forma democrática e seus direitos interpretados à luz da Constituição Federal.

Na avaliação do coordenador sindical, as palavras de Lewandowsk, deram claras demonstrações de mudanças de rumo na Presidência do STF, com maior atenção às questões que envolvem o servidor público e o trabalhador em geral. Para o sindicalista, os servidores públicos devem ficar esperançosos, pois o discurso do ministro se afina com o do ministro Dias Toffoli que, há alguns dias, durante uma entrevista, que ficou disponível no site UOL, disse que “para conter a evasão de servidores de seu quadro funcional,  é preciso valorizá-los, capacitá-los cada vez mais. Somente assim, superando os desafios existentes, a Justiça Eleitoral estará sempre apta a atender os anseios da sociedade.”  

Participação jurídica

O coordenador do SITRAEMG  também lembrou que é importante, nessa conjuntura, que o Sindicato atue de forma habilidosa, cobrando e incentivando o setor Jurídico (representado pelo Escritório Cassel & Ruzzarin Advogados) a levantar todas as questões que não são resolvidas por “política”, mas sim de forma técnica, com atuação eficaz em Processos Judiciais e Processos Administrativos.

O escritório que representa o SITRAEMG tem grande experiência nas questões de servidores e também advoga para a AJUFE”, destaca o coordenador sindical, lembrando que tal fato, é muito positivo, pois  o Judiciário deve ser visto como um todo quando se trata de valorização pelo Poder Executivo e Legislativo. “Num sistema de freios e contrapesos, deve o Judiciário ser muito valorizado, pois sem isso não há Estado Democrático de Direito. O momento é de unir esforços para que o Judiciário seja ‘uno’ na questão de valorização perante os demais poderes”, finaliza Macedo.

 

 

Compartilhe

Veja também

Pessoas que acessaram este conteúdo também estão vendo

Busca

Notícias por Data

Por Data

Notícias por Categorias

Categorias

Postagens recentes

Nuvem de Tags