Campanha e luta do Sitraemg contra a PEC 32 são destacadas em blog de Brasília

Compartilhe

O blog é do jornalista Donny Silva, do Distrito Federal. Em “Nota de posicionamento – enxugamento da máquina pública e a reforma administrativa”, postada nessa segunda-feira, 19 (veja abaixo), o jornalista destaca trechos de entrevista feita com o coordenador geral do Sitraemg Isaac Lima, em que o sindicalista fala sobre as ameaças da PEC 32/2020 para os serviços públicos, a luta da entidade contra a proposta do governo e a campanha “Quem faz o Brasil – um movimento do Sitraemg contra a Reforma Administrativa”, lançada recentemente.

Com base em dados Painel Estatístico de Pessoal (PEP), do próprio governo federal, o coordenador geral do Sitraemg lamenta que o Brasil vive o maior enxugamento da máquina pública em sua história. Nos últimos anos, órgãos fundamentais para a garantia de direitos básicos da população perderam até metade do quadro de servidores, como é o caso do INSS – cuja fila de pedidos para aposentadoria e outros benefícios chega a 1,9 milhão de pessoas. O Estado brasileiro vem se desmantelando dia após dia. E se a PEC 32 for aprovada, será a pá de cal. “A conta será paga pelos cidadãos, que perderão direitos a serviços hoje gratuitos e ainda estarão mais vulneráveis do que nunca à corrupção”, avisa.

O coordenador do Sitraemg chama a atenção para as mentiras que o governo dissemina para população ao afirmar que o objetivo da reforma é dar maior eficiência aos serviços públicos, quando se sabe que o interesse real é substituir os atuais servidores, que são concursados e comprometidos com o serviço que prestam, por contratados por indicações políticas, privilegiando interesses individuais em detrimento dos coletivos.

Esse cenário caótico que se desenha para a população, explica Isaac Lima, levou o sindicato a reforçar a luta contra  a reforma lançando a campanha Quem faz o Brasil. “Como o próprio nome diz, o servidor público está ali para servir à população, ser o meio pelo qual o cidadão terá acesso a direitos garantidos pela Constituição Federal. Estamos desmistificando os interesses por trás da PEC 32”, detalha.

210720 Blog de Brasilia 1

Compartilhe

Veja também

Pessoas que acessaram este conteúdo também estão vendo

Busca

Notícias por Data

Por Data

Notícias por Categorias

Categorias

Postagens recentes

Nuvem de Tags