Sitraemg quer audiências com deputados mineiros para tratar do Veto 51/2022, do NS dos técnicos

Compartilhe

Na terça-feira, 19 de outubro, o Sitraemg encaminhou requerimentos aos deputados federais Paulo Abi-Ackel (PSDB) e Lincoln Portela (PL), ambos de Minas Gerais.

A solicitação de audiências foi definido na reunião setorial dos técnicos do judiciário, ocorrida em 17 de outubro.

No documento, o sindicato reivindica audiências para tratar do veto do presidente Bolsonaro à exigência de nível superior para o ingresso no cargo de técnico judiciário.

A exigência do nível superior para ingresso no cargo é uma reivindicação antiga do segmento.

No documento, o Sitraemg explica que a exigência de nível superior como como requisito para acesso ao cargo foi incluída no artigo 1º do PL 3662/2021.

Além da alteração da escolaridade, foi também inserido o artigo 4º, no mesmo PL, reconhecendo a essencialidade dos cargos de técnico e de analista.

Após ser aprovado pela Câmara e pelo Senado, o PL foi enviado à sanção presidencial. Ao sancionar o projeto, Jair Bolsonaro, entretanto, vetou ambos os dispositivos. Tema que agora será apreciado pelo Congresso Nacional.

No documento, o sindicato relata que o veto deve ser votado no prazo de 30 dias, a contar da data de início de sua tramitação no Congresso Nacional, 22 de setembro.

Não sendo apreciado nesse período, em sessão conjunta de deputados e senadores, passa a trancar a pauta de matérias do Congresso Nacional.

Assessoria de Comunicação
Sitraemg

Compartilhe

Veja também

Pessoas que acessaram este conteúdo também estão vendo

Busca

Notícias por Data

Por Data

Notícias por Categorias

Categorias

Postagens recentes

Nuvem de Tags