Site reúne informações para permutas em todo o país

Compartilhe

O primeiro semestre de 2023 estava acabando quando dois servidores tiveram a ideia de criar um banco de dados para os colegas interessados em permutar.

Um servidor era do TRT1, William Christian. O outro, que é programador, trabalha no TRE-SP, Josef Santos. Juntos, eles criaram um site voltado a auxiliar servidores a permutarem a localidade de trabalho. Trata-se do Movimentação de Servidores do Judiciário (MovJud.com.br).

“A gente teve essa ideia porque eu administro vários grupos de permutas e redistribuições com mais de 5500 servidores. Daí a gente resolveu transformar algumas ideias no site”, conta William.

O site tem sido divulgado em vários tribunais do país, e segundo Willian a estratégia tem funcionado. “Em pouco mais de três meses, já temos um banco de dados maior do que os três maiores sites que se seguem com a mesma finalidade juntos (JAVOU + ANAJUSTRA + ANAJUSFE)”, explica.

De acordo com Willian, até o final de novembro, o site tinha 1882 servidores cadastrados e “1812 cards de informações disponíveis”. O card reúne o conjunto de informações de cada servidor interessado em permutar.

“O site é gratuito e todos os recursos já disponíveis vão permanecer assim”, reforça o servidor. Ele diz que já há novas ferramentas sendo desenvolvidas: “Estamos trabalhando na ferramenta de ‘matches’, para facilitar as buscas. E pretendemos lançar até o início do próximo ano uma ferramenta de triangulação”, explica.

Segundo Willian, ainda há outras sugestões de melhoria que serão implementadas “assim que for possível: campo para texto livre, prazo para estabilidade etc.”, elenca.

As preocupações iniciais dos criadores da ferramenta foram com a privacidade de quem está querendo sair de um determinado local e com o sigilo das informações.

A solução encontrada foi deixar visível no site apenas o cargo, o estado, a cidade e o tribunal, sem nenhuma informação do servidor. E para visualizar os dados do (a) servidor (a) que anunciou a permuta é preciso se cadastrar no sistema. “Isso é para dar um pouco mais de privacidade aos servidores que têm medo da chefia”, explica.

Sitraemg tem anúncio de permuta

Caso você esteja interessado em permutar, pode cadastrar a sua permuta no site do Sitraemg, clicando aqui.

Assessoria de Comunicação
Sitraemg

Compartilhe

Veja também

Pessoas que acessaram este conteúdo também estão vendo

Busca

Notícias por Data

Por Data

Notícias por Categorias

Categorias

Postagens recentes

Nuvem de Tags