Servidores (a) discutem carreira judiciária em reunião ampliada no Sitraemg

Compartilhe

Na tarde sábado, 29 de abril, foi realizada uma reunião ampliada, na sede do Sitraemg, para debater a carreira judiciária.

IMG_9821
Parte dos participantes da reunião ampliada ao final do evento

Estiveram presentes coordenadores do Sitraemg, diretores de base, atuais conselheiros fiscais, representantes dos núcleos de servidores e membros das chapas concorrentes à Diretoria Executiva e candidatos (as) ao Conselho Fiscal.

O objetivo do encontro foi reunir subsídios para os filiados e as filiadas que irão representar o sindicato no Encontro Nacional de Carreira da Fenajufe, agendado para 20 e 21 de maio.

IMG_9810

As propostas de Minas, assim como os filiados e as filiadas que representarão o sindicato no evento nacional, serão definidos em encontro estadual que a entidade realizará no sábado, dia 6 de maio. O evento ocorrerá de forma híbrida, com participações presenciais e virtuais.

IMG_9807

O Encontro Nacional de Carreira

O sindicato terá direito a inscrever 10 representantes para o Encontro Nacional. Somente quatro poderão participar presencialmente, devido às limitações do auditório da Federação, local do evento.

Poderão ser escolhidos até um por cargo e mais de um por ramo. Os outros seis acompanharão os debates de forma virtual.

A eleição dos representantes também deverá obedecer ao critério da paridade de gênero, etnia e raça.

O conjunto de propostas aprovadas pela categoria no Encontro Nacional da Fenajufe será encaminhado para discussão no Fórum Permanente de Carreira do Conselho Nacional do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

O fórum é constituído por representantes dos tribunais e conselhos superiores, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), da Fenajufe e do Sindjus-DF.

Estruturação da carreira requer todos na luta, adverte coordenador-geral

O coordenador geral do sindicato Paulo José da Silva, que também integra a Coordenação da Federação, lembrou que o Sitraemg reuniu-se no ano passado com o conselheiro do CNJ Luiz Fernando Bandeira de Mello Filho, coordenador do Fórum de Carreira. E salientou que o CNJ “não está nem um pouco preocupado” com a carreira da categoria.

“Temos que fazer pressão. Temos que ir para cima. Senão, não vai sair nada”, advertiu. “Precisamos formular as questões para sairmos daqui fortalecidos”, defendeu. E pediu o engajamento de todos na luta pela reestruturação da carreira como caminho mais fácil para a busca de reajustes futuros que realmente compensem as perdas inflacionárias acumulas durante tantos anos.

Assessoria de Comunicação
Sitraemg

Compartilhe

Veja também

Pessoas que acessaram este conteúdo também estão vendo

Busca

Notícias por Data

Por Data

Notícias por Categorias

Categorias

Postagens recentes

Nuvem de Tags